Portugal – Lente de aumento

Atualizado: Out 27


Um giro pelas regiões turísticas e as grandes atrações de Portugal. Ao final, nossas indicações para conhecer duas delas por meio de visitas virtuais bem interativas

Detalhe do Padrão dos Descobrimentos, monumento erguido em Lisboa (foto: Pixabay)


Nossa série Lente de aumento estreia com Portugal. A ideia do projeto, que vai abordar semanalmente países para os quais a Polvani oferece roteiros turísticos, é apresentar um panorama das principais regiões e atrações de cada um deles. Ao final, sempre indicamos endereços eletrônicos que entregam um ótimo nível de interatividade e informações detalhadas sobre dois destes pontos. Essas visitas virtuais não substituem a sensação única de colocar os pés nesses lugares, mas viajar também inclui sonhar e planejar. E a gente segue ao seu lado para transformar essas ações em boas aventuras.



UM GIRO POR PORTUGAL

Conhecido como “A porta de entrada da Europa”, Portugal é um dos vinte países mais visitados do mundo. Em 2019, recebeu 24,6 milhões de turistas estrangeiros, mais do que o dobro de sua população (cerca de 10 milhões de habitantes).

Em um território de 92.212 quilômetros quadrados (menor que o Estado de Santa Catarina), Portugal concentra atrações para todos os públicos, tem uma grande estrutura hoteleira, rodovias bem conservadas e uma gastronomia famosa em todo o mundo. O clima ameno e as praias cativam os europeus. E a facilidade do idioma é uma vantagem a mais para os turistas brasileiros.

Bondes nas ruas de Lisboa (foto: Pixabay)


O fabuloso patrimônio histórico e cultural português, além das heranças da Era dos Descobrimentos (entre os séculos 15 e 16), inclui monumentos deixados por romanos e mouros. A paisagem é marcada pelos recortes de sua proporcionalmente extensa costa marítima, por rios importantes como o Tejo e o Douro, pelo verde do interior montanhoso, por vales e campos repletos de vinhedos.

Vinhedos na região do Douro (foto: Pixabay)

Aliás, as rotas do vinho estão entre os maiores atrativos de Portugal. A começar pelas que têm início nas cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia, separadas pelo Rio Douro e unidas por seis pontes, entre elas a célebre Dom Luís I, construção metálica do final do século 19. Os passeios podem ser realizados em barco, em variados itinerários de cruzeiros fluviais, que incluem degustações e visitas de tradicionais quintas.

A ponte Dom Luís I, na cidade de Porto (foto: Pixabay)

Outro destino muito procurado pelos enófilos é o Alentejo, localizado no centro-sul do país, sede de famosas vinícolas, várias com estrutura para receber turistas. Évora, a capital da região, possui um Centro Histórico cercado por muralhas, declarado Patrimônio Mundial da UNESCO, em 1986, pela importância de seu conjunto arquitetônico e por monumentos emblemáticos, como o Templo Romano e a Capela dos Ossos, na Igreja de São Francisco.

O Templo Romano com a Igreja dos Lóios ao fundo, em Évora (foto: Pixabay)

O turismo religioso também é importante para o país, com destaque para Fátima, na região de Leiria, no centro de Portugal. A cidade ficou conhecida pela aparição da Virgem Maria para os três pastorinhos, em 1917, no mesmo local onde foi erguido o santuário dedicado à Nossa Senhora de Fátima, visitado por devotos do mundo inteiro. A poucos quilômetros dali, encontra-se Batalha, com seu imponente mosteiro dominicano, construído ao longo de dois séculos, entre os anos de 1.386 e 1.563. Um pouco mais ao sul, em Alcobaça, foi erguido o Real Mosteiro de Santa Maria, fundado por Afonso Henriques, o primeiro rei português.

O Real Mosteiro de Santa Maria, em Alcobaça (foto: Pixabay)

Para aqueles que amam o verão, a região preferida é o Algarve, no extremo Sul do país. De Sagres a Vila Real de Santo António são mais de 200 quilômetros de costa atlântica, com o mar azul-turquesa, contornado por belas praias, formações rochosas e falésias em tons alaranjados. Nos arredores de Albufeira, hotéis de luxo e campos de golfe atraem milionários e celebridades de várias nacionalidades. O clima, as belezas naturais e uma impressionante estrutura hoteleira também colocam a Ilha da Madeira entre os destinos de veraneio mais procurados, principalmente por europeus do Norte.

Praia da Marinha, na região do Algarve (foto: Pixabay)


Pelo tamanho de seu território e proximidade das principais cidades, em poucos dias é possível conhecer várias localidades. Uma primeira viagem para Portugal deve incluir obviamente Lisboa e suas vizinhas Queluz, Estoril, Cascais e Sintra, todas situadas a menos de 30 quilômetros. A capital é um exemplo de harmonia entre passado e o presente, com o Castelo de São Jorge e a vista para o Rio Tejo, os bairros tradicionais da Alfama e do Chiado, o Mosteiro dos Jerônimos e a Torre de Belém, a moderna Avenida da Liberdade e o renovado Parque das Nações. A rica história de Portugal pode ser vista nos palácios nacionais de Sintra e Queluz, a natureza será contemplada ao longo da estrada costeira que vai de Lisboa a Cascais.

Palácio Nacional de Sintra (foto: Pixabay)



____________________________________



Abaixo, você encontra sugestões de visitas virtuais e bem interativas em dois ícones lisboetas, o Mosteiro dos Jerônimos e a Torre de Belém. Se você não os conhece, é uma chance de saber um pouco mais sobre eles e preparar a sua viagem presencial a esses lugares. Se você já foi, trata-se de uma boa chance para matar saudades e descobrir, ou explorar mais, algum aspecto que você deixou de lado no seu tour.


MOSTEIRO DOS JERÔNIMOS

Foto: Pixabay


O Mosteiro de Santa Maria de Belém, hoje conhecido como Mosteiro dos Jerônimos, começou a ser erguido no início do século 16, na época das grandes navegações portuguesas. Foi uma iniciativa do então rei D. Manuel I, levou cerca de 100 anos para ganhar forma e tornou-se o ponto mais relevante da dita arquitetura manoelina, além de um dos grandes símbolos da nação – em 1983, recebeu o título de Patrimônio Mundial da UNESCO. Correspondendo ao desejo de seu fundador, tornou-se uma espécie de panteão da família real, além de abrigar os túmulos de outros portugueses ilustres.

O site selecionado traz módulos chamados de Exposição On-Line, que combinam fotos e textos explicativos de cinco temas relacionados ao mosteiro: a própria história do edifício; dados sobre os túmulos do lugar, como os do navegador Vasco da Gama e dos poetas Luís de Camões e Fernando Pessoa; a relação da porta principal com a história dos descobrimentos; os detalhes gravados no Portal Sul; e a biografia de Vasco da Gama. Na sequência, pode-se pesquisar o acervo por assunto, popularidade, dentro de uma linha do tempo e, até mesmo, por cores. Usando o recurso do Google Street View, o visitante pode percorrer e observar todos os detalhes da parte externa do mosteiro, do claustro, dos túmulos, da Igreja de Santa Maria de Belém e da Capela-mor deste templo. Na igreja, não se esqueça de olhar para cima e reparar nas esguias colunas que se ligam ao teto com formas que lembram palmeiras.

Acesse o site aqui.



TORRE DE BELÉM

Foto: Pixabay


Oficialmente chamada de Torre de São Vicente, a mundialmente famosa Torre de Belém foi erguida entre 1514 e 1520. A construção pode ser relacionada ao conjunto de obras do estilo manuelino e mescla a arquitetura típica da Idade Média com traços característicos do Renascimento. Criada para fortalecer as defesas da cidade, em caso de ataque inimigo pela foz do Rio Tejo, a torre era originalmente cercada de água por todos os lados. Com o passar dos séculos, a fortaleza, fincada em um afloramento rochoso, foi envolvida pela areia da praia e se incorporou à terra firme. Em 1983, ao lado do Mosteiro dos Jerônimos, foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO.

No site do Google Arts & Culture, uma Exposição On-Line conta a curiosa história do rinoceronte de estimação do rei D. Manuel I, representado numa das guaritas da torre.

Sete visitas com o recurso do Google Street View revelam todos os espaços públicos da construção, como a Sala das Audiências, a vista da Sala dos Reis, a pequena e singela capela, o Baluarte – com nichos para 16 canhões –, e os terraços. No superior, faça uma pausa para curtir uma linda vista do Rio Tejo e de Lisboa.

Acesse o site aqui.



A seguir, uma breve filmagem com drone, captando belos cenários das cidades de Lisboa e Porto.



Interessado em saber mais detalhes sobre roteiros que te levam a Portugal? Então consulte o nosso tour Lisboa e Norte de Portugal (9 dias/8 noites) ou entre em contato conosco para planejar uma viagem personalizada ao país.



Clique abaixo e confira nossos outros posts da série Lente de aumento:

Lente de aumento - Espanha

Lente de aumento - França

Lente de aumento - Itália

Lente de aumento – Alemanha

Lente de aumento - Suécia

Lente de aumento - Jordânia



#portugal #lisboa #atraçõesdelisboa #turismoemlisboa #lisboaearredores #turismoemportugal #viagemporportugal #lentedeaumentoportugal #roteirospolvani #mosteirodosjeronimos #torredebelem #palaciodequeluz #palaciodapena #palaciodesintra

POLVANI TOURS

Rua Bandeira Paulista, 600, 10º andar

Itaim Bibi – CEP 04532-001
São Paulo (SP) – Brasil

WA%20Logo_edited.png
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Spotify Ícone

Calle de San Bernardo, 20, 6º
Madri - Espanha

 +34 915 328 053

   +34 649 467 934

  polvanispain@polvanitours.es

www.polvanitours.com

Via XII Ottobre, 2

Gênova - Itália

+39 010 593 351

info@polvani.it

Calle Esmeralda, 983 – C1007ABK

Buenos Aires - Argentina

+54 11 4312-7972

informes@polvani.tur.ar

www.polvani.tur.ar

© 2020 Polvani Tours

Desenvolvido por Ao Sabor da Letra | Fotos Shutterstock