Espanha – Lente de aumento

Atualizado: há 6 dias


Um giro pelas regiões turísticas e as grandes atrações da Espanha. Ao final, nossas indicações para conhecer duas delas por meio de visitas virtuais bem interativas

Madri, a capital do país (foto: Shutterstock)


Nossa série Lente de aumento viaja à Espanha. A ideia do projeto, que aborda semanalmente países para os quais a Polvani oferece roteiros turísticos, é apresentar um panorama das principais regiões e atrações de cada um deles. Ao final, sempre indicamos endereços eletrônicos que entregam um ótimo nível de interatividade e informações detalhadas sobre dois destes pontos. Essas visitas virtuais não substituem a sensação única de colocar os pés nesses lugares, mas viajar também inclui sonhar e planejar. E a gente segue ao seu lado para transformar essas ações em boas aventuras.



UM GIRO PELA ESPANHA

Com mais de 80 milhões de turistas por ano, a Espanha é o segundo país mais visitado do mundo. Para receber tanta gente, mantém uma grande estrutura hoteleira e possui um sistema de transporte de qualidade, com bons aeroportos, rodovias interligando as principais cidades do país e uma eficiente rede ferroviária. Os trens de alta velocidade AVE, por exemplo, percorrem em duas horas e meia a distância de 503 quilômetros entre Madri e Barcelona.

Praça Maior, em Madri (foto: Shutterstock)


Nos meses de verão cresce o número de voos para atender principalmente britânicos e alemães, que passam férias nas inúmeras praias espalhadas pelas costas dos mares Mediterrâneo, Cantábrico, Alborán e Atlântico. Além dos balneários do continente, como Marbella, Benidorm e San Sebastián, as Ilhas Canárias e as Baleares (onde se destacam Maiorca e Ibiza) também atraem o público, que busca o sol durante o dia e diversão à noite.

Ibiza; Maiorca; Ilhas Canárias; San Sebastián; Marbella; e Benidorm (fotos: 1, 2, 3 e 5 - Pixabay; 4 e 6 - Wikimedia)

E ao longo de todo o ano, a Espanha oferece muito mais, graças ao seu invejável patrimônio histórico e cultural, composto por impressionantes monumentos das épocas romana e árabe, castelos e palácios de sua realeza, e museus que abrigam obras de artistas geniais, como Velázquez, Goya, Picasso, Miró e Dalí.

As Meninas (1656), pintura de Diego Velázquez exibida no Museu do Prado, em Madri (foto: Wikimedia)


O turismo religioso é outro segmento importante, movimentando milhares de peregrinos que percorrem o Caminho de Santiago. Com diferentes itinerários – que passam por Pamplona, Logroño, Burgos e León –, tem como destino principal Santiago de Compostela, na bela região da Galícia.

Santiago de Compostela; León; Logroño; e Burgos (fotos: 1, 2 e 3 - Wikimedia; 4 - Pixabay)

Nas últimas décadas surgiram novas atrações, a exemplo do Museu Guggenheim, inaugurado em 1997, em Bilbao, no País Basco. Conhecido por seu edifício curvado e angular, revestido em titânio, abriga obras de arte contemporânea. Em Valência, no sudeste da Espanha, a Cidade das Artes e das Ciências, foi finalizada em 2009. Trata-se de um complexo projetado pelos arquitetos Santiago Calatrava e Felix Candela, com destaque para o Museu Príncipe Felipe e o Aquário Oceanográfic.

Museu Guggenheim, em Bilbao; e Cidade das Artes e das Ciências, em Valência (fotos: 1 - Wikimedia; 2 - Pixabay)


Além de tudo isso, o país é famoso por sua enogastronomia, com pratos e produtos apreciados em todo o mundo, do gazpacho à paella, do presunto ibérico de bellota (ainda muito conhecido aqui pela expressão "Pata Negra") às anchovas do Cantábrico, das cavas de Penedès aos vinhos de Rioja e Ribera del Duero.

Paella valenciana (foto: Pixabay)

A capital Madri também reserva atrativos para quem gosta de comer e beber bem, com vários restaurantes estrelados e animados bares de tapas, onde são servidos os tradicionais aperitivos da culinária local. Graças aos horários flexíveis (os espanhóis costumam jantar depois das 9 da noite), os turistas podem aproveitar bem o dia, visitando com calma os museus do Prado ou o Rainha Sofia, que estão entre os melhores da Europa. Para aqueles que preferem fazer um passeio a pé, um dos mais agradáveis é o que vai do Palácio Real até a Praça Maior, passando pela Praça do Oriente. Em uma jornada, a partir de Madri, também é possível visitar o panteão dos Reis da Espanha, no complexo do Escorial (a 50 quilômetros) ou Toledo (a 74 quilômetros), a fabulosa “Cidade das Três Culturas” (cristã, hebraica e muçulmana).

A cidade de Toledo; o Museu do Prado, em Madri; e o complexo do Escorial (fotos: 1 - Shutterstock; 2 - Pixabay; 3 - Wikimedia)

As influências de outras culturas são marcantes em várias regiões da Espanha, especialmente na Andaluzia, que por mais de 700 anos foi ocupada pelos árabes. A antiga mesquita de Córboba, a Alhambra de Granada e o Alcázar de Sevilha representam bem a grandeza desse período.

A cidade de Córdoba; a Alhambra de Granada; e o Alcázar de Sevilha (fotos: 1 e 2 - Shutterstock; 3 - Pixabay)


Da época romana, na região de Castilla y León, destaca-se o aqueduto de Segóvia, uma das obras de engenharia mais bem conservadas do antigo império. Outros importantes monumentos romanos são encontrados em Mérida, na Extremadura, e Tarragona, na Catalunha, a 90 quilômetros de Barcelona.

O aqueduto de Segóvia; e ruínas romanas em Mérida e em Tarragona (fotos: 1 e 2 - Pixabay; 3 - Wikimedia)


A capital catalã, por sua vez, pode ser representada pelo modernismo do arquiteto Antoni Gaudí e do pintor Joan Miró, presentes na igreja Sagrada Família, no Parque Güell ou nas movimentadas Ramblas, o calçadão que une a Praça da Catalunha e o porto. O Museu Picasso e o Bairro Gótico são outros símbolos da cidade. A partir de Barcelona, além de Tarragona, é possível visitar as praias da Costa Brava e o Museu Dalí, em Figueres, a 118 quilômetros.

O Parque Güell, em Barcelona; o Castelo d’en Plaja, na Costa Brava; e o Museu Dalí, em Figueres (fotos: 1 e 2 - Pixabay; 3 - Wikimedia)



____________________________________



Abaixo, você encontra sugestões de visitas virtuais e bem interativas em dois ícones da cidade de Barcelona, a igreja Sagrada Família e o mercado La Boqueria. Se você não os conhece, é uma chance de saber um pouco mais sobre eles e preparar a sua viagem presencial a esses lugares. Se você já foi, trata-se de uma boa chance para matar saudades e descobrir, ou explorar mais, algum aspecto que você deixou de lado no seu tour.


SAGRADA FAMÍLIA

Foto: Wikimedia


Oficialmente Templo Expiatório da Sagrada Família, a igreja Sagrada Família, como é geralmente tratada pelo público, teve seu projeto iniciado em 1882 – e ainda segue em construção. Considerado a maior obra do famoso arquiteto catalão Antoni Gaudí, o principal templo católico de Barcelona, financiado exclusivamente pela iniciativa privada, nasceu como um monumento de estilo neogótico. Porém, ele se transformou, com as intervenções de Gaudí, num ícone da arquitetura modernista catalã. A Sagrada Família foi projetada para ter três fachadas: da Natividade, quase finalizada no ano da morte de Gaudí, em 1926; da Paixão, iniciada em 1952; e da Glória, que não deve terminar antes de 2026, centenário da morte de seu criador.

O site selecionado traz itens relacionados à igreja e ao tema "Sagrada Família" – como a tela de mesmo nome pintada pelo artista brasileiro Candido Portinari em 1953. Também é possível assistir a um vídeo do interior do templo e percorrê-lo virtualmente, por meio do recurso Google Street View. Não deixe de observar as altas colunas, os bonitos vitrais e as formas inusitadas que compõem o teto.

Acesse o site aqui.



LA BOQUERIA

Foto: Pixabay


O principal mercado de Barcelona, que tem o nome oficial de São José, também é o mais antigo da cidade. Inaugurado em 1840, ele vende um pouco de tudo em suas 200 lojas: frutas, carne, pescados, embutidos, doces, sucos, vinhos, artesanato. A localização no Centro Histórico, sua diversidade e seu colorido atraem não só os moradores, mas turistas de todo o mundo, que podem comprar e fazer refeições (em um dos seus dez bares) numa área de 2.500 metros quadrados.

No site selecionado há mais detalhes sobre a história e a estrutura de La Boqueria em uma exposição de fotos 360 graus. Além de permitirem uma visão de todo o entorno, as imagens podem servir de ponto de partida para explorar, virtualmente, outros corredores e lojas do mercado.

Acesse o site aqui.



A seguir, um passeio em vídeo 4K pela linda capital da Catalunha, Barcelona:



Interessado em saber mais detalhes sobre roteiros que te levam à Espanha? Então consulte o nosso tour Andaluzia e Costa Mediterrânea (9 dias/8 noites) ou entre em contato conosco para planejar uma viagem personalizada ao país.



Clique abaixo e confira nossos outros posts da série Lente de aumento:

Lente de aumento - Portugal

Lente de aumento - França

Lente de aumento – Itália

Lente de aumento – Alemanha

Lente de aumento - Suécia



#espanha #andaluzia #costamediterranea #barcelona #catalunha #atracoesdebarcelona #atracoesdaespanha #turismonaespanha #viagemespanha #lentedeaumentoespanha #roteirospolvani #sagradafamilia #laboqueria

POLVANI TOURS

Rua Bandeira Paulista, 600, 10º andar

Itaim Bibi – CEP 04532-001
São Paulo (SP) – Brasil

WA%20Logo_edited.png
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza
  • Spotify - círculo cinza

Calle de San Bernardo, 20, 6º
Madri - Espanha

 +34 915 328 053

   +34 649 467 934

  polvanispain@polvanitours.es

www.polvanitours.com

Via XII Ottobre, 2

Gênova - Itália

+39 010 593 351

info@polvani.it

Calle Esmeralda, 983 – C1007ABK

Buenos Aires - Argentina

+54 11 4312-7972

informes@polvani.tur.ar

www.polvani.tur.ar

© 2020 Polvani Tours

Desenvolvido por Ao Sabor da Letra | Fotos Shutterstock